Enquanto isso, no pub…

Posted in textos on July 4th, 2010 by D. Vespa

Odeio fazer posts sem acentos. Eh fato que desde o primario detesto acentos, mas escrever sem eles me passa a impressao que tudo foi feito em miguxes – e nao por conta de um teclado safado o qual eu estou com preguica de tentar configurar para dar uma melhor estetica para o texto. De qualquer modo, nem meia duzia vai ler mesmo entao acho que estah mais que suficiente.

Neste momento escrevo de Galway, cidade costeira da Irlanda, e jah visitei as principais atracoes da cidade – que depois posto com mais calma, preciso carregar as fotos e, pretendo, descrever com mais detalhes cada lugar que fui.

Depois de um voo tranquilo e mais de 24 horas acordado, finalmente cheguei em Dublin onde, faminto, fui para o bar procurar algo para comer e cumprir com a mais importante obrigacao de qualquer um que pise em solo irlandes:

voce gosta mais de guinnes ou de batata?

Depois, caminhei ateh o local onde descansaria e jah fui conhecendo algo da cidade:

foto de uma rua do centro da cidade

Cheguei na casa onde eu e Ila ficamos hospedados onde fomos forcados a jantar mais uma vez (acho que irlandeses tem uma dobra espacial no estomago, nao sei pra onde vai tanta comida) e, em seguida, entrei em estado de torpor por mais de 12 horas seguidas – e acredito que soh nao foi mais porque na manha seguinte jah partiriamos para outra cidade, Clonmacnoise.

entrada do lugar. Gosto dessas coisas que jah te dao a tag pronta pra quando postar nalgum lugar...

Clonmacnoise eh, ateh onde percebi, uma atracao meio lado B daqui. Pra ter uma ideia no centro turistico do aeroporto nao tem a menor nocao de onde fica e, na Kajon, a pousada que ficamos, disseram NUNCA terem recebido brasileiros lah. Quando voce chega num lugar que nem ao menos um mineiro pisou, significa que sim, voce esta no meio de lugar nenhum…

A regiao tem duas atracoes: ruinas duma velha abadia, com direito a cemiterio no “quintal” e tudo mais. Subirei as fotos no Picasa e lah todo mundo ve o que se passa.

Ruina da Abadia. Pra baixo tem mais.

Mais ruinas. Na foto um pedaco da igreja, uma torre e umas cruzes do cemiterio no quintal da igreja (esses monges tem umas manias...)

Logo, eh claro, que conseguir uma conexao de gente…

Posts Relacionados:

  • Não há posts relacionados.
Tags: , , , ,